17 de setembro de 2019

Confira os principais distúrbios do sono

Dormir bem é importante para a saúde e para o bem-estar. Porém, há distúrbios do sono que afetam a qualidade do descanso e interferem na saúde. Para ter uma ideia, mais de 70 milhões de brasileiros têm alguma dificuldade para dormir.

Conhecer os quadros comuns será o primeiro passo para entender as causas dos problemas e como contorná-los. Saber a causa e se está relacionada a uma doença física, mental ou a um fator ambiental é o primeiro passo para a solução. Desse jeito, fica fácil garantir um período reparador e de alta qualidade.

Na sequência, veja quais são os principais distúrbios do sono e compreenda como eles impactam a sua vida.

A insônia é um dos problemas mais conhecidos

Ao falar nas dificuldades na hora de dormir, é praticamente impossível não citar a insônia. O quadro é marcado pela demora até pegar no sono ou para se manter no sono, ao longo da noite. Quem sofre com a condição tem muitos desafios para descansar, mesmo que esteja exausta.

O distúrbio leva a uma quantidade insuficiente de sono, o que afeta a saúde de diversas maneiras. Também altera o humor e desregula todo o organismo. Para afastar o problema, convém criar uma rotina e manter a higiene do sono, evitando alguns alimentos e atividades antes de dormir, como a cafeína, a atividade física, o uso do celular e internet, assim como preocupações do dia a dia.

Em alguns casos, as pessoas recorrem a medicamentos para ajudar a pegar no sono, mas é preciso tomar cuidado já que é muito comum tomarem remédios que não foram feitos para dormir e ter sonolência como efeito colateral. Diante do quadro, é recomendado realizar terapias alternativas ou mesmo uso de medicamentos, com indicação médica.

A apneia do sono está entre os quadros que merecem atenção

Outro entre os distúrbios do sono é a apneia obstrutiva. Ocorre quando não há espaço o bastante para a passagem de ar na laringe, o que leva à interrupção da respiração por alguns segundos (mínimo 10 segundos). Além desse sintoma, o ronco é comum.

Causando menos oxigenação no corpo e tornando o descanso menos reparador, o distúrbio aumenta os riscos de saúde. Quem sofre com o quadro tem mais riscos de desenvolver doenças cardiovasculares pela falta de oxigênio no sangue e alterações hormonais.

O tratamento inclui várias mudanças no estilo de vida, mas o importante é ter um diagnóstico correto para realizar o procedimento adequado. A avaliação feita por um médico especialista em medicina do sono para orientar o paciente é essencial.

Em casos de apneia grave do sono o padrão ouro para tratamento é o CPAP que exerce uma pressão positiva de ar e faz com que as vias aéreas fiquem abertas e com passagem de ar, mantendo uma respiração normal e com oxigênio adequado e sono reparador.

A síndrome das pernas inquietas é um dos distúrbios do sono frequentes

A síndrome das pernas inquietas se manifesta predominantemente nos momentos de descanso, comprometendo a rotina do paciente. Cafeínas, medicações, álcool e tabagismo pioram os sintomas.

Esse problema é caracterizado pela agitação motora involuntária dos membros inferiores, com a ocorrência mais frequente a noite. Como consequência, a pessoa passa o dia sonolenta, cansada e indisposta. Por isso é necessário prestar atenção aos sintomas e procurar ajuda.

Os distúrbios do sono afetam pessoas de diferentes modos e em várias condições. Ao conhecer os principais e como lidar com eles, você tem a chance de ter uma vida muito mais saudável.

Então, gostou do conteúdo? Receba mais dicas e informações sobre a saúde do sono seguindo nossa página no Facebook!

CPAP Fit

A CPAP FIT é um ecommerce especializado em produtos médicos hospitalares.

FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL Confira o regulamento.
12X SEM JUROS NO CARTÃO
FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL