cpap-qual-a-melhor-e-mais-correta-forma-de-utilizar-o-aparelho
24 de março de 2020

CPAP: qual a melhor e mais correta forma de utilizar o aparelho?

Para compreender melhor sobre o CPAP e as principais dúvidas relacionadas a esse tipo de tratamento, confira a entrevista com a Deise Solner, enfermeira e técnica em polissonografia, que preparamos para esclarecer o assunto:

CPAP: como é o funcionamento desse aparelho?

O CPAP é um aparelho bivolt, que deve ser ligado diretamente na tomada (quando não tiver a opção de bateria). Quando está em funcionamento, o conectamos através de uma traqueia, cano de aproximadamente 2 metros, que se encaixa em uma máscara, acoplada no rosto do paciente.

É importante orientar que todo o tratamento deve ser feito sob orientação a partir de exames, prescrições e avaliações. Além disso, o CPAP deve sempre ser configurado por um profissional treinado.

Seu mecanismo de atuação consiste em gerar um fluxo de ar contínuo que impede a obstrução da via aérea (garganta), facilitando a passagem de ar e proporcionando a respiração normal. Assim sendo, graças ao CPAP, é permitida a consolidação do sono adequado durante toda a noite.

Como o CPAP ajuda na apneia do sono?

O que acontece é que a pressão positiva de ar, gerada pelo CPAP, impede o relaxamento da musculatura e, consequentemente, evita que haja uma obstrução total ou parcial da via aérea (garganta), fato que acontece em decorrência da apneia do sono. Por isso, o uso do CPAP permite uma respiração ininterrupta a noite toda.

O CPAP é indicado para todos os tipos de apneia do sono?

É válido ressaltar que toda a indicação para o uso do CPAP deve ser avaliada com as associações das patologias e queixas relacionadas. 

Por isso, a apneia central, muitas vezes, será direcionada para tratamento com BIPAP, já que fornece uma pressão inspiratória (IPAP) e expiratória (EPAP). Além disso, vale lembrar que o processo deve ser ajustado no modo espontâneo com frequência respiratória de apoio, a chamada frequência de back up. Reforçando a importância da avaliação  para melhor indicação dos dispositivos e configurações, além das manutenções de tratamento.

Por que o CPAP é considerado o melhor tratamento para apneia do sono?

De acordo com a Academia Americana de Medicina do Sono, o aparelho CPAP é considerado o padrão ouro para o tratamento da apneia obstrutiva do sono, de grau moderado ou grave. Além disso, o tratamento é considerado como um método pouco invasivo e bastante eficaz.

O CPAP é indicado apenas para apneia do sono?

Felizmente, não. Hoje em dia, já existem alguns estudos avaliando o uso do CPAP na recuperação física e cognitiva de atletas de alto rendimento, sem que apresentem distúrbios do sono

Além disso, o uso do aparelho também é indicado para o fortalecimento da musculatura em pacientes que estão em reabilitação.

Outra indicação do CPAP é para auxiliar a prática de exercícios respiratórios destinados a vários outros tipos de patologias. Podemos dizer que é um aparelho bastante completo, que reúne diversas indicações. Lembrando que estamos falando de tratamento para a saúde, sendo de grande importância a indicação correta por profissionais capacitados.

Quais as vantagens de utilizar o CPAP ao invés de outros tratamentos?

Além da eficácia comprovada cientificamente para resolução dos eventos respiratórios,

o aparelho ganha com a melhora da qualidade de vida, que geralmente é imediata, enquanto outros tratamentos não apresentam garantia da resolução do problema.

Inclusive, muitas vezes, o paciente fica um período optando por outros métodos que, além de custos altos, não resolvem o problema, na maioria das vezes. Por isso, esses mesmos pacientes acabam escolhendo o CPAP como tratamento.

O CPAP substitui a cirurgia para apneia do sono?

Não. É importante esclarecer que existem vários tipos de cirurgias, mas nenhum tratamento substitui outro. O profissional habilitado faz uma avaliação associativa de diagnósticos, patologias, perfil psicológico e histórico do paciente, entre outros fatores.

Assim, a partir dessa análise, o profissional deve sugerir o tratamento mais indicado para cada perfil e comorbidade. Muitas vezes, a cirurgia não apresenta uma escolha, enquanto em outros casos, é uma ótima opção. Por isso, cada caso é único e deve ser avaliado separadamente.

Além disso, sempre vale a pena obter mais de uma opinião e verificar todas as possibilidades de tratamento, pensando em custos e benefícios para resolução do problema.

O que pode acontecer se a pessoa não tratar a apneia do sono?

A apneia do sono é uma doença crônica e evolutiva. Por isso, quando não é tratada, desencadeia declínio da qualidade de vida aos pacientes, além de acarretar influências psicológicas e sociais. 

A negligência do tratamento para apneia do sono ainda pode aumentar a probabilidade de desenvolver hipertensão, insuficiência e arritmia cardíacas, derrame e diabetes.

Há contraindicações para o uso do CPAP?

Sim, pois o tratamento é sério como qualquer outro e, por isso, envolve riscos à saúde. Por isso, deve ser indicado e orientado pelo médico especialista, além de ser acompanhado por um profissional capacitado.

É importante dizer ainda que existem contra-indicações absolutas, que devem ser observadas. Além disso, algumas complicações também podem aparecer pelo uso não supervisionado como é o caso do pneumotórax e pneumoencéfalo.

Mas, de qualquer maneira, isso deve ser avaliado separadamente. Certifique-se de escolher um aparelho de qualidade e uma equipe devidamente capacitada para te orientar a respeito do processo e te alertar para possíveis complicações.

CPAP Fit

A CPAP FIT é um ecommerce especializado em produtos médicos hospitalares.

FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL Confira o regulamento.
12X SEM JUROS NO CARTÃO
10% DESCONTO NO PIX OU BOLETO