artigos_cpap_dezembrodevo-procurar-um- médico-do-sono
10 de dezembro de 2020

Quando devo procurar um médico do sono?

Cansaço extremo, insônia, roncos, apneia, sonolência durante o dia e ausência de um descanso reparador. Estes são os sintomas dos principais distúrbios do sono que devem ser tratados e acompanhados por um médico do sono. Cerca de 70% dos brasileiros não dormem adequadamente, sendo que é essencial que os adultos mantenham entre 7 e 9 horas de sono durante a noite para poderem ter energia para realizarem as atividades diárias com satisfação. Ao contrário do que muitos podem imaginar, isso não acontece porque eles vão se deitar tarde ou por descansarem menos horas, mas, sim, por não terem um sono reparador.

Inclusive, um dos maiores motivos que impulsionam as pessoas a procurarem um médico do sono é a queixa de dormir pelo período adequado e mesmo assim se sentirem cansados ao despertar. Porém, muitas vezes, o paciente por si só não consegue perceber as causas de estar tendo um sono de baixa qualidade, até porque durante esse período ele está inconsciente. 

Então, o que fazer? Buscar por um especialista!

Esse profissional irá examinar, identificar e determinar quais são os distúrbios do sono que estão se manifestando e suas intensidades. Além disso, realizará o tratamento da melhor forma para garantir mais qualidade de vida ao indivíduo.

Neste artigo iremos falar sobre o médico do sono, como descobrir a presença de alguma disfunção e formas tecnológicas de tratar doenças do sono. Confira!

O que é um médico do sono?

O médico do sono é o profissional que possui especialização em medicina do sono. Atualmente, os especialistas que atendem casos de distúrbio do sono são neurologistas, clínicos gerais, otorrinolaringologista ou pneumologista que, além de terem essas especializações, fazem alguma especialização adicional em medicina do sono.

Independentemente da primeira especialização, para poder atuar com a área do sono, o médico precisa ser certificado pela Associação Brasileira de Medicina do Sono.

Principais distúrbios do sono

Os distúrbios do sono geralmente apresentam sintomas, mesmo que simples, que podem ajudar o paciente a entender que algo está errado durante seu descanso. 

Confira os principais distúrbios do sono:

Apneia do sono

A apneia do sono, além de gerar os famosos roncos, também causa pequenas interrupções de respiração nos pacientes. As pausas de respiração, por sua vez, geram problemas do sono, pois causam pequenos despertares, muitas vezes despercebidos pela pessoa. Mesmo que não perceba, os despertares, quanto mais frequentes forem, causam ma pior qualidade do sono.

Insônia

É caracterizada pela dificuldade em pegar no sono, acordar muitas vezes durante a noite e acordar muito antes do planejado e não conseguir voltar a dormir.

Pode ser causada pelo estresse, ansiedade ou depressão e apresenta sintomas diurnos também, como:

  • mau-humor, 
  • letargia, 
  • cansaço,
  • menos motivação para fazer atividades simples do dia a dia.

Como saber se tenho distúrbio do sono? Faça o teste do sono

Mesmo que seja mais que essencial procurar ajuda médica para identificar problemas no sono, você pode, ao menos, ter uma opinião mais sólida de um de nossos profissionais agora mesmo. Para isso, preencha as lacunas e faça nosso teste do sono para compreender se você possui algum problema para dormir ou durante o descanso.

Com ele será mais fácil procurar o médico do sono e você terá mais informações sobre o assunto.

Tratamentos mais indicados por médico do sono

Como você pôde ver anteriormente, os principais problemas de sono incluem a apneia e a insônia. Vamos mostrar como, geralmente, é o tratamento:

Insônia

Apesar de ser considerada um distúrbio do sono, a insônia por si só não é uma doença.

Ela pode ser um sintoma de doenças psicossomáticas e, portanto, é necessário entender as suas causas.

Porém, durante o dia a dia é possível fazer algumas mudanças na rotina para conseguir vencer esse mal.

Entre as maiores mudanças estão: 

  • evitar tomar bebidas estimulantes antes de dormir,
  • ir deitar apenas quando estiver cansado,
  • dormir em um ambiente confortável e escuro.

Apneia do sono 

A apneia do sono pode ser tratada com o uso do CPAP, o padrão ouro de tratamento na escolha dos especialistas. O CPAP é um pequeno aparelho atrelado a uma máscara de plástico que envia fluxo de ar positivo e constante a determinada pressão para as vias aéreas, tratando a apneia e impedindo que ela aconteça.

Podendo ser usado durante a noite toda, o CPAP acabou-se tornando uma verdadeira solução para diferentes casos de apneias, como, por exemplo, a central e a obstrutiva. Por ser um aparelho que lida diretamente com as vias aéreas, precisa ser recomendado pelo médico do sono.

Agora que você já sabe quando procurar um médico do sono, que tal continuar antenado nas nossas novidades? Nos siga no Instagram e curta nossa página no Facebook!

CPAP Fit

A CPAP FIT é um ecommerce especializado em produtos médicos hospitalares.

FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL Confira o regulamento.
12X SEM JUROS NO CARTÃO
FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL