15 de novembro de 2021

Dicas para a sua primeira noite com CPAP

Está nervoso para passar a sua primeira noite com CPAP e acredita que não será possível dormir bem com esse aparelho ligado a você? Isso é completamente normal e faz parte do processo de adaptação no tratamento da apneia do sono.

Sabemos que o diagnóstico dessa doença, por si só, já pode ser um tanto quanto intimidador. Por isso, é comum que no início da terapia respiratória você ainda não se sinta seguro e tenha dúvidas sobre o uso do CPAP.

Para ajudar você a ter uma boa primeira noite com CPAP, separamos algumas dicas que farão toda a diferença. Continue lendo e confira!

A primeira noite com CPAP

Se você já foi diagnosticado com apneia do sono, provavelmente está ansioso para começar seu tratamento e nervoso ao pensar sobre a primeira noite com CPAP.

Ele é um aparelho padrão-ouro para o tratamento da apneia do sono grave, além de ser receitado pela maioria dos especialistas do sono. Essa sigla provém do nome do equipamento em inglês: Continuous Positive Airway Pressure ou Pressão Positiva Contínua nas Vias Aéreas, em português.

Essa terapia de pressão positiva é recomendada pelos benefícios que ela traz para a saúde, como:

  • dormir melhor;
  • acordar com disposição;
  • ter mais qualidade de vida e
  • combater as complicações da apneia do sono, como os problemas cardiovasculares.

Para você iniciar seu tratamento com CPAP com o pé direito, entrevistamos a fisioterapeuta especialista em terapia do sono, Ana Ruschel, que separou algumas dicas de como se preparar e ter bons resultados já nos primeiros dias. Vamos lá?

Conheça seu aparelho

Leia o manual de configurações do seu CPAP antes de começar a usá-lo! Observe se há funções de verificação de vazamentos, temperatura e ajustes de umidade

Caso o seu aparelho tenha um umidificador, aproveite para colocar a água no recipiente adequado. Os fabricantes recomendam o uso de água destilada, mas muitas pessoas usam apenas filtrada.

Faça testes para configurar a terapia e explore o menu. Assim você saberá como mexer nele e poderá fazer isso de forma mais rápida na próxima noite.

Ajuste sua máscara e acessórios

Após instalar sua máscara no CPAP, faça um teste de encaixe e conforto em seu rosto. Aperte as correias do arnês, também chamado de fixador, de forma confortável e sem fuga. Aproveite para verificar se a distância entre o aparelho e a cama estão adequadas. 

Fique atento às datas de utilização dos acessórios, como filtros, máscaras e traqueias. Os fabricantes recomendam a troca a cada seis meses ou quando algum item apresentar dano, o que poderá influenciar no seu tratamento.

Uma boa dica é anotar a data em que você começou a utilizar os acessórios, para lembrar exatamente quando deve realizar a troca. Se quiser ir além, pode pôr um lembrete no seu calendário, para comprar algumas semanas antes.

Prepare seu quarto e espaço para iniciar o tratamento com CPAP

Segundo a fisioterapeuta Ana Ruschel, “é importante que o paciente utilize o aparelho durante o dia, em um momento de relaxamento, para ‘reconhecer’ o CPAP. Assim, a adaptação à máscara e acessórios será mais fácil”.

Por isso, teste durante algumas horas, para avaliar o conforto nas vias aéreas e se acostumar com a máscara na sua face.

Na hora de dormir, garanta que o aparelho esteja perto o suficiente de sua cama, para que a traqueia possa chegar até você. Geralmente, os pacientes acomodam o CPAP em uma mesa de cabeceira. Apenas se lembre de que é preciso estar próximo de uma fonte de energia.

Tenha sua primeira noite com CPAP

Agora que você já verificou as configurações, máscara, acessórios, posição do seu equipamento e também fez o teste de conforto e ajustes durante o dia, é hora de passar a sua primeira noite com CPAP. Para isso, deite-se, ligue o aparelho e procure estar confortável. 

Segundo a fisioterapeuta, “é normal que algumas pessoas fiquem inseguras com a possibilidade de fuga da máscara e outros desconfortos. “Mas é importante procurar relaxar e se permitir ter uma boa noite de sono”, completa Ana.

Saiba que é normal sentir algum desconforto e insegurança no início do tratamento com CPAP. Por isso, deite numa posição que deixe você mais confortável e fique tranquilo. 

Para Ana Ruschel, “uma boa sugestão é iniciar o tratamento da apneia com no mínimo quatro horas de uso durante o sono e fazer usos esporádicos durante o dia”. Pense como um exercício físico, que começa mais leve e você aumenta a frequência e tempo conforme for se adaptando. 

Mas atenção, se você sentir muito desconforto na primeira noite com CPAP e nas próximas, entre em contato com o seu médico de confiança. Em alguns casos, é necessário fazer ajustes de pressão ou mudança de equipamentos, para que a terapia seja confortável e eficaz.

Concentre-se no seu padrão de respiração e na eficiência do seu tratamento com CPAP

Como falamos anteriormente, o desconforto inicial ao respirar contra a pressão do CPAP é comum. Por isso, faça alguns exercícios de respiração com o equipamento. Tente não ficar ofegante ou aumentar a sua frequência respiratória, o que pode gerar desconfortos.

Quando já estiver deitado, mantenha sua respiração calma, concentrando-se nos movimentos das suas vias aéreas. Isso ajudará você a se adaptar e tirar o foco do tratamento com CPAP.

Mantenha a avaliação da sua terapia do sono sempre em dia

A primeira noite com CPAP é importante, assim como os primeiros trinta dias do tratamento do sono de forma geral. Nesse período, chamado fase de adaptação, você começará a sentir a diferença da terapia para a sua saúde e desenvolverá o hábito de colocar a máscara, configurar o aparelho e dormir a noite toda, sem nem pensar direito sobre isso.

Nesse mês, recomendamos que você tenha uma relação próxima com o seu médico do sono, para tirar possíveis dúvidas e relatar a sua experiência. Além disso, é importante que o período inicial do tratamento da apneia do sono seja monitorado a cada seis meses, por isso não esqueça de agendar uma consulta de retorno.

Então, mantenha o acompanhamento multiprofissional com seu médico, fisioterapeuta e com a CPAP FIT. E não esqueça de apresentar relatórios atualizados.

Hora de dormir

A primeira noite com CPAP parece muito mais complicada do que realmente é. Você logo se adapta e terá noites de sono muito melhores. E o melhor, o tratamento ainda trará mais qualidade de vida e evitará as possíveis complicações da apnéia do sono.

Após conferir as dicas da Ana Ruschel, fisioterapeuta na clínica de adaptação de Cpap/Bipap e ventilação mecânica da CPAP FIT e OXI Saúde Terapia do Sono e Respiratória, conte sempre com nossa equipe para esclarecer possíveis dúvidas sobre a sua terapia do sono.

Se você ainda estiver com alguma dúvida sobre a sua primeira noite com CPAP, seja sobre o uso, e colocação da máscara, ou a configuração da terapia, entre em contato conosco. Nós contamos com um time especializado nesse tratamento, que poderá ajudar você a ter mais conforto durante a sua adaptação.

CPAP Fit

A CPAP FIT é um ecommerce especializado em produtos médicos hospitalares.

FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL Confira o regulamento.
12X SEM JUROS NO CARTÃO
10% DESCONTO NO PIX OU BOLETO