13 de fevereiro de 2019

Aparelho de CPAP: tudo para você ter uma boa adaptação

Dificuldade para respirar, noites mal dormidas e ronco. Esses são alguns problemas enfrentados por diversas pessoas nos momentos que deveriam ser mais relaxantes. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 45% da população mundial sofre com distúrbios do sono. A boa notícia é que existem tratamentos para essas dificuldades. Um deles é o aparelho de CPAP

É importante explicar que esse equipamento não trata o barulho emitido pelo paciente e, sim, a causa dele, que costuma ser a apneia obstrutiva do sono, também conhecida pela sigla SAOS. Essa é uma condição que gera a obstrução das vias aéreas, impedindo a respiração adequada. 

Essa doença pode trazer diversas consequências para a saúde do paciente. Para evitá-las, deve-se realizar o tratamento com aparelho de CPAP.

Todavia, muitas pessoas nem sabem que possuem apneia do sono. Então, seja por meio de check-ups anuais ou em consultas por causa de sintomas gerados, como cansaço, ronco, irritabilidade e problemas respiratórios, é essencial obter o diagnóstico da doença através de uma consulta com médico especialista em sono. 

A identificação do problema é capaz de modificar a rotina e a qualidade de vida do paciente.  Esse deve iniciar tão breve possível o seu tratamento para ter noites melhores e prevenir sequelas. 

Depois da realização de exames que confirmam a apneia, é comum que as pessoas tenham dúvidas sobre a adaptação ao aparelho de CPAP. Caso você seja uma delas, não precisa se preocupar: separamos algumas informações e dicas para iniciar o seu tratamento com CPAP com maior tranquilidade. Continue lendo e confira.

Quando procurar um especialista para avaliar o sono

Antes de falar sobre o aparelho de CPAP, é fundamental saber quando o ronco é motivo de preocupação. De forma geral, eles é problemático quando acompanhado de outros sintomas.

Por isso, fique atento(a) a esses sinais que iremos descrever: você tem sentido maior cansaço durante o dia ou um familiar está reclamando dos roncos constantes à noite? Esses já são grandes indícios de que é preciso procurar um médico especialista em Medicina do Sono

É comum que um clínico geral seja consultado antes, durante exames de rotina. No entanto, outros profissionais também podem diagnosticar a apneia, como o pneumologista, otorrinolaringologista, cardiologista, neurologista, geriatra e até o dentista, por exemplo.

Existem também mais sintomas que indicam que talvez você precisará de um tratamento com aparelho de CPAP. São eles:

  1. acordar com a boca seca;
  2. cansaço diurno;
  3. esquecimento;
  4. falta de atenção;
  5. insônia;
  6. irritação.

Após o diagnóstico e a prescrição médica, o paciente poderá procurar orientações sobre o tratamento ideal. Em caso de uso do CPAP, há a opção de locação ou aquisição da máquina, o que dependerá dos exames e recomendações acerca da terapia respiratória. 

Como funciona o aparelho (CPAP)

O aparelho é chamado de CPAP, sigla em inglês para Pressão Positiva Contínua das Vias Aéreas. Ele manda um fluxo de ar para os pulmões e atua com o objetivo de evitar que a via respiratória se feche total ou parcialmente durante o sono, causando o ronco e pequenas paradas respiratórias.

No início, usar esse aparelho pode parecer estranho, mas ele é essencial para o tratamento da apneia obstrutiva do sono e outras terapias. Além disso, ele consegue melhorar a saúde como um todo e contribuir com a qualidade de vida dos pacientes. 

Trabalhos científicos recentes que analisaram pessoas que sofrem com a apneia e hipopneia obstrutiva do sono mostram que o tratamento com CPAP traz diversos benefícios para o paciente, como:

  1. redução da sonolência excessiva diurna;
  2. ganho de memória;
  3. melhora no humor;
  4. restabelecimento no controle do sistema cardiovascular e metabólico.

Considerado o padrão-ouro para apneia, o tratamento com aparelho de CPAP não é invasivo e também pode ser a única possibilidade de promoção de melhorias em alguns casos clínicos.

A adaptação ao aparelho de CPAP

Ao receber uma prescrição para o uso de aparelho de CPAP, muitos pacientes se enchem de dúvidas a respeito do processo de adaptação. É o seu caso? 

Saiba que é comum ter um período para se acostumar a dormir com a máquina no rosto, principalmente para quem acopla o equipamento diretamente no nariz. 

Para que esse momento seja vivido com mais tranquilidade e conforto, a dica é encontrar a máscara ideal para a anatomia do seu rosto. Converse bastante com o médico sobre isso e analise o tamanho e formato da sua face. 

Em média, os usuários conseguem utilizar o aparelho por cerca de cinco horas por noite. No entanto, uma dica é iniciar o uso gradualmente e, com o decorrer dos dias, aumentar a quantidade de tempo.

Existem dois grupos de adesão ao tratamento: os pacientes regulares e os irregulares, sendo que os primeiros constituem 60% do total (usam o aparelho quase todas as noites por 6 horas ou mais). Os demais são usuários irregulares com variações no tempo de uso por semana.

Vale saber que as pessoas com distúrbios graves são as que melhor aderem ao uso do CPAP. Neles, o tratamento com CPAP reproduz uma verdadeira mudança de vida, o que favorece a utilização regular.

Os benefícios do uso contínuo do CPAP.

Os benefícios no tratamento da apneia do sono com o aparelho de CPAP podem ser percebidos a curto, médio e longo prazo. Isso significa uma mudança no estilo de vida de pacientes e até do círculo familiar.

Algumas mudanças notadas com o uso contínuo do CPAP são:

  1. maior concentração;
  2. melhor qualidade do sono;
  3. maior desempenho de atividades;
  4. melhora da memória;
  5. mais qualidade de vida;
  6. redução do risco de acidentes vasculares cerebrais;
  7. menores chances do desenvolvimento de diabetes;
  8. redução do risco de doenças cardiovasculares.

Além de todos esses benefícios, ainda há uma melhora considerável no sono do parceiro ou parceira, que poderá dormir sem acordar diversas vezes durante à noite e ficará mais relaxado, calmo e saudável.

Por essa razão, é importante que os pacientes persistam no tratamento com aparelho de CPAP, mesmo tendo um período de adaptação. Logo a máquina começa a fazer parte da rotina e nem será percebida.

É hora iniciar seu tratamento com aparelho de CPAP.

Caso você tenha se identificado com os sintomas que mencionamos, pode ser hora de iniciar seu tratamento com o aparelho de CPAP. Para isso, você precisará antes passar por uma consulta para confirmar o diagnóstico, ter o resultado dos exames e o laudo de um médico com especificações sobre a terapia respiratória. 

Apenas dessa forma você poderá descobrir quais são os equipamentos mais indicados para você. Em nosso site você encontra as principais marcas de CPAPs do mercado, entre elas três grandes marcas que contam com máquinas de alta qualidade: a ResMed, a Philips Respironics e a Fisher & Paykel. Ambas vendem CPAP com tecnologias de ponta e que permitem que o uso seja mais confortável durante a noite toda, além de uma boa adaptação.

Na nossa loja, você encontra diversos equipamentos e acessórios para iniciar o seu tratamento com aparelho para ronco que se adeque à sua necessidade. Nós temos um time especializado que pode auxiliar na escolha, ajuste e acompanhamento da doença. Visite a nossa loja, conheça as opções disponíveis e, caso tenha qualquer dúvida, entre em contato conosco.

CPAP Fit

A CPAP FIT é um ecommerce especializado em produtos médicos hospitalares.

FRETE GRÁTIS PARA TODO O BRASIL Confira o regulamento.
12X SEM JUROS NO CARTÃO
10% DESCONTO NO PIX OU BOLETO